quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Por que ser igual a Sara?

1PE3.1 mulheres, sede vós, igualmente, submissas a visto próprio marido, para que, se ele ainda não obedece à palavra, seja ganho, sem palavra alguma, por meio do procedimento de sua esposa, [...]6 como fazia Sara, que obedeceu a Abraão , chamando -lhe senhor, da qual vós vos tornastes filhas , praticando o bem e não temendo perturbação alguma.

Devemos ser iguais a Sara , porque ela era uma mulher forte, firme, objetiva, entusiasmada que vibrou com o sucesso do seu esposo.


Essa mulher é o exemplo inquestionável de como uma esposa deve proceder com seu marido.
Imagino que Sara chorou, suportou calada todas as dificuldades, críticas, descréditos por não dar a Abraão um filho. Imagino ainda que ela não chamou, mas desejou, gritou em seu íntimo que "seu esposo " seria pai de grandes ou multidões de nações, posso vê - la tocando indignada em se ventre seco, amortecido, estéril sem vida! Mas não blasfemou contra Deus, não se rebelou contra seu Criador, contra o autor da vida, antes fez chegar a Ele o silêncio de suas palavras em que dizia: obrigada Senhor por escolher entre tantos o meu ESPOSO, amado, vigoroso, precioso e inigualável para ser herdeiro de sua promessa, obrigada por proporcionar a mim, um lugar tão alto, talvez desejado por muitas, em estar ao lado dele como sua esposa, ainda que eu nos herde essa promessa, ainda que eu não seja agraciada, verei sua semente prosperar e enriquecer a terra como a areia do mar e/ou as estrelas no céu.
Imagino Sara dizendo mais: não tardarei em sair do caminho e retardar a benção do meu esposo. Está decidido! Darei a ele Agar, minha serva, GN 16. 2 [...] toma, pois, a minha serva, e assim me edificarei com filhos por meio dela. E Abraão anuiu ao conselho de Sarai

Contudo Sara não negou sua posição de esposa, esse era seu lugar, ali ela se firmou e se estabeleceu, percebemos isso pela reação dela quando foi desprezada por Agar Gn 16.5 disse Sarai a Abrão: seja sobre ti a afronta que se me faz a mim. Eu te dei a minha serva para possuíres; ela, porém, vendo que concebeu, desprezou - me. Julgue o Senhor entre mim e ti.
Como resposta Abrão permitiu a Sarai fazer o que achasse melhor e assim Agar foi para o deserto. E Sarai permaneceu em seu lugar de esposa. Mais adiante, após 13 anos Deus volta a falar com Abrão, ( Gn 17. 1-8 ), promete-lhe um filho e muda o seu nome, nesse intervalo de tempo, os dois marido e mulher estavam sendo edificados na palavra. A bíblia diz que Deus sonda os nossos corações e esquadrinha o nossos rins, e Ele faz isso não para nos acusar, mas para nos abençoar, Ele percebeu que a intenção do coração de Sara era boa, ainda que não fosse a correta, como já sabemos. Ela quis ver o sucesso do seu esposo a qualquer custo, e naquele momento não percebeu que estaria fazendo algo contra a vontade de Deus, o ato dela foi inconsciente, por isso Deus deu uma segunda chance.
Devemos ser esposas como Sara , por que ela renunciou a si mesma, aos seus valores, desejos e vontades para que seu esposo fosse abençoado por Deus.
Ela não se "anulou" para fazer a vontade do seu esposo, mas para fazer com que a vontade de Deus se realizasse na vida dele.
E nós? Será que estamos abrindo mão de nossos desejos, sonhos, ou objetivos para vibrarmos com o sucesso dos nossos esposos????
Estamos seguindo o exemplo da única mulher pela qual a bíblia diz que devemos ser semelhantes????
Que Deus fale mais contigo !
Amo todas!!!!
Jusimeire Queiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Porquê melhor é a sabedoria do que jóias, e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela". Provérbios 8:12

Template by:

Free Blog Templates