segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Não é o fim!

 NÃO É O FIM

Para muitos é o “fim”. Essa palavra pequena tem levado há muitos há um caminho sem volta, mas o nosso entendimento de “fim” não é o mesmo de Deus. Para você pode até ser de um ponto final, mas para Deus há uma vírgula para um novo começo. 

O fim de setembro, abre o começo para um novo mês e com ele 31 oportunidades - e  se você multiplicar por 10, que é o mês ao qual irá iniciar você verá que será bem maior que os meses anteriores de 2019.  A palavra de Deus diz que melhor é o fim... ficar olhando para trás não é bom, muitas vezes trás lembranças boas e outras amargas, então decida olhar para o futuro, pois a esperança e o amor andam juntos. 

Na Bíblia relata sobre vários fins! O que parecia ser o fim para José no Egito, na cisterna do deserto, ou na prisão, Deus tinha um novo grande começo para ele: governar o Egito. O que parecia ser o fim para o Moisés quando fugiu para o deserto, Deus tinha um novo começo para ele libertar o povo de Israel da escravidão. O que seria o fim para Ester, Deus tinha um novo começo para ela se tornar a rainha e libertar o povo dela do decreto de morte. 

Para Jó no auge do sofrimento era o fim, mas Deus tinha um novo começo de restaurar em dobro tudo o que havia perdido. Na fornalha parecia ser o fim de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, mas Deus tinha um novo começo e eles se tornariam grandes governadores da Babilônia! Na cova dos leões parecia ser o fim de  Daniel, mas Deus tinha um novo começo em sua história que mudaria o mundo.

Dentro da barriga de um peixe era o fim para Jonas, mas Deus tinha um novo começo e sua pregação salvaria todos os habitantes da grande Nínive. Podia parecer o fim para João exilado na ilha de Patmos, mas Deus tinha um novo começo e lá receberia a maior revelação de todos os tempos: o Apocalipse. 

O que parece ser fim para você hoje, é um grande recomeço que Deus tem na sua vida amanhã. Não foque no começo, foque no que Deus tem para você e assim verá que o fim não é o fim, então agradeça e continue seu trajeto com fé! Muitas vezes você pensa que é o fim de seu casamento, de sua carreira, de sua saúde e digo para você que não é o fim, tire esse ponto final, e coloque uma virgula para Deus te abençoar. Tudo o que você precisa é da unção, pois ela abre portas e faz você ver o fim, como o começo. O melhor Deus sempre tem para aqueles que perseveram, não veja como fim, isso vai passar! Não desista. 

Neste mês decida viver 31 dias de vitórias! Determine, e a luz brilhará. Tá determinado que estes três últimos meses de 2019 será o mês do crescimento e da multiplicação, pois não é o fim e sim um novo começo de bênçãos para você juntamente com sua família. Apenas agradeça. 
Que a graça de Deus seja com todas;
Adrielle Kawahara

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

SERIE: casais da Bíblia: Adão e Eva

Série: APRENDENDO COM OS CASAIS DA BÍBLIA: Adão e Eva

Nossa série está iniciando hoje, e começaremos do primeiro casal. Depois de criar céus, terra e tudo que nela há, criou Deus Adão a sua imagem e semelhança e vendo que não era bom o homem ficar só criou da costela do homem a Eva. A instituição chamada família não foi criada por homem e sim pelo próprio Deus e o diabo desde do princípio teve inveja desta criação linda chamada união e por isso tem investido para destruir o matrimônio. 

No entanto, Deus luta diariamente para que os casais vivam em união e amor.  Com quem você tem cooperado? Palavras como ‘não quero mais você’, ‘maldito o dia que te conheci’, ‘separação’, não quero casar’, e muitas outras fazem com que você de o gostinho a satanás o causador do espírito de incompatibilidade. Deus criou Adão e Eva para serem um e assim viverem juntos no jardim. No capítulo 2.20 fala que o homem precisava de alguém para lhe auxiliar, cooperar para ter uma vida harmônica e alegre cuidando de tudo que Deus lhe havia dado. “Disse então o homem: "Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada. Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne”. Gêneses 2.23-24

Observe que o próprio Adão disse que Eva era o osso dos ossos dele e carne da carne dele. E por esta razão homem e mulher era apenas um. Aprendemos que no casamento faz se necessário entender que o machucar o outro, machuca-se a si mesmo. Não existe divisão, quando somos um. Seu casamento é presente de Deus e faz se necessário todos os dias lembrar que você e seu cônjuge são um. 

Eles andavam nu e não tinha vergonha um do outro. No relacionamento deles havia transparência. Não escondia nada um do outro, viviam sempre juntos e Deus era o centro do relacionamento. Quando existe um compromisso de lealdade e franqueza entre o homem e a mulher, a confiança mútua cresce juntamente com a liberdade de expressão. Não há situação que os obrigue a desviar o olhar um do outro. A transparência é fruto da confiança gerada pela integridade de propósitos e ações. Por mais que hoje em dia o diabo tem tirado essa inocência dos relacionamentos e colocado divisão, ainda dá tempo, de você pedir essa pureza no seu relacionamento. 

Por um momento na relação de Adão e Eva, eles esqueceram que eram um, e Eva foi passear pelo jardim sem Adão e a serpente viu a oportunidade de colocar a divisão. Serpentes sempre surgirá quando você deixar entrar a independência um do outro. Observe que Eva ficou longe de Adão e por isso deu ouvido ao que não podia. E quantas vezes você tem dado ouvido as picuinhas, ciúmes e etc, por deixar seus pensamentos irem longe? Deus havia dado uma orientação que não podia comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Ensinando-nos a importância da obediência, pois onde há uma sociedade existe direitos e deveres. Não existe sociedade sem leis, faz se necessário respeito e obediência para ter uma vida de paz. 

“Na independência de Eva ao caminhar no jardim sem Adão a levou a danos irreparáveis. Não deixe sua independência acabar com seu relacionamento conjugal, as consequências são irreparáveis. Não dê ouvidos as serpentes e repreenda essa vontade de desistir do seu relacionamento, longe vocês não chegará a lugar algum”.

Eles tinham tudo, mas a dependência e a orientação vinha direto de Deus. Não foram criados para serem independentes do criador! A modinha do não fala comigo... ah sou independente, não preciso de você - são artimanhas que satanás usa para ocasionar feridas no seu casamento e até levar a separação. Não permita ser usada pelo diabo! De um basta e decida a todo segundo amar e lutar pelo seu casamento, que é o seu maior patrimônio. Não existe sucesso, sem o maior patrimônio chamado família. Lute pela sua família, pelo seu casamento. Porque sucesso mesmo se resume em casais bem sucedidos e para que isso aconteça Deus deve ser o centro do seu relacionamento. 

Não faça como Adão e Eva que começou bem, mas deixou por um momento de depender de Deus para dar ouvidos ao mal. Decida agora mesmo a ser dependente de Deus e ter união e transparência em seu casamento. “No relacionamento conjugal com Deus no centro, nos dá a certeza de que somos aceitos e não jugados. Que com integridade moral, amor e aceitação não precisamos de disfarces, nem de roupas, nem de máscaras. A liberdade é experimentada em toda a sua plenitude, e a felicidade passa a fazer parte da vida” e assim poderemos crescer e multiplicar levando o perfume de Cristo na obra mais linda chamada matrimônio. 
Que Deus abençoe você e seu cônjuge, Adrielle Kawahara

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Não Chores

Conta a palavra de Deus que na cidade de Naim havia uma viúva que tinha perdido seu único filho. Uma multidão a acompanha no momento em que estava sendo levado para ser enterrado (Lucas 7.11-16). Imagina o sofrimento dela, o desespero e no momento em que o SENHOR Jesus viu ela chorando, disse lhe: não chores!

Não sei o que tem feito você chorar, mas Deus enxugara toda lágrima do seu rosto. Jesus está te vendo, e Ele está lhe dizendo: não chores! E além de Jesus ser o seu consolo, ele toca naquilo que está morto na sua vida.

E assim como aquela viúva foi abençoada pelo toque do Senhor e viu seu filho tornando a ter vida, Ele está te abençoando agora. Sabe aquelas noites que você chora? Deus está te vendo e dizendo: não chores! Deus não quer você chorando, Ele quer e te faz vencer. No Salmo 33.18-22 nos afirma:

“Eis que olhos do Senhor estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua benignidade, para os livrar da morte, e para os conservar vivos na fome. A nossa alma espera no Senhor; ele é o nosso auxílio e o nosso escudo. Pois nele se alegra o nosso coração, porquanto temos confiado no seu santo nome”.

Assim como o Senhor olhou para aquela viúva, Deus está olhando para você, te livrando da morte e te conservando com vida na fome. Problemas, adversidades virão, mas é neles que vamos demonstrar a nossa fé e todos verão que Deus está conosco. Fique tranquila, Deus é contigo, levante, enxugue essas lágrimas, e agradeça a Deus pelo milagre.

Que a Graça de Deus esteja conosco;
Adrielle Kawahara

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Série Mulheres da Bíblia: Vasti

A Bíblia conta a história de uma mulher chamada Vasti, cujo nome significa beleza incomum, linda. Esposa do rei Assuero, e realmente ela fazia jus ao seu nome, porém lhe faltava temor, que é o princípio da sabedoria. Sua história é relatada no Capítulo 1 do livro de Ester.

Ela é um exemplo de mulher que sua beleza foi vã e que apesar de ser formosa não temia a Deus e por esta razão não teve sabedoria para lidar com seu esposo. O rei Assuero homem mui poderoso que cuidava de 127 províncias e que tinha muito oficiais ao seu dispor. Certa feita, fez um banquete para seus oficiais e no final após ter bebido muito vinho pediu que chamasse a sua esposa a Rainha Vasti para comparecer no palácio.

No entanto, ela o desprezou recusando o chamado do seu esposo. Com tamanha falta de sabedoria, apesar de saber lidar com as mulheres dos oficiais do seu esposo, perdeu sua coroa por não temer (respeitar) seu rei, o marido. Quantas sofrem, por dizer não pro seu marido, por causa de coisinhas que a deixa triste. Exemplo, quando o marido deixa de almoçar na casa da sua mãe, ou de comprar aquilo que você tanto queria e por esta razão você o despreza.

Vasti achou que sua formosura era suficiente, ou talvez não queria aparecer na presença do rei porque ele estava bêbado, ou até mesmo não queria deixar as mulheres sozinha. Independente dos porquês que Vasti recusou estar diante do rei, é de extrema importância entender que a mulher que possui o temor de Deus, o conhecimento da palavra, jamais agiria como ela, pois seu marido só queria mostrá-la. Quantas vezes você deixa de dormi com seu marido, por causa de coisinhas? Quantas vezes você deixou de falar com ele por brigas? Quantas vezes você deixou de ser feliz com seu familiar, filhos por coisas que aconteceram de ruim?

Entenda que o temor de Deus faz com que você seja uma mulher sabia ao ponto de saber lidar diante dessas circunstâncias. Vasti não soube e por isso perdeu seu lugar. Não espere perder seu lugar de esposa, filha, amiga e de serva para poder dar valor. A Bíblia não fala mais de Vasti, mas esteja certa de que ela se arrependeu. Não deixe a beleza e a formosura falar mais alto que a Palavra de Deus. O temor a Deus é princípio da sabedoria.

Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. (Provérbios 31:30)

Quer ser abençoada? Tenha temor a palavra de Deus, ou seja, respeito e diligência ao que a palavra de Deus ensina. Assim terá a sabedoria que vem do alto, e não sofrerá a perca da coroa, como Vasti sofreu. Que a Graça de Deus esteja com todas nós, Adrielle Kawahara 

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Série Mulheres da Bíblia: Lóide

A palavra de Deus fala a respeito de uma mulher chamada Loide. Avó do discípulo do apóstolo Paulo chamado Timóteo e seu nome significa mulher de força. A força é uma das qualidades mencionadas em Provérbios 31.

“Reveste-se de força e dignidade; sorri diante do futuro”. Provérbios 31:25.

Este versículo nos ensina que a mulher virtuosa reveste de força e dignidade e mostra em sua parte final que ela consegue sorri diante do futuro. Isso mostra que ela é uma mulher confiante e cheia de fé, pois sabe que o amanhã pertence a Deus. O sorri é o mesmo que confiar. Você tem confiado em Deus? Como está sua fé? Loide foi um exemplo de mulher que teve uma fé não fingida e isso contagiou sua filha Eunice e seu neto.

“Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice”. 2 Timóteo 1:5

Muitos se preocupam em deixar patrimônios para seus filhos  e esquece que o maior legado que uma pessoa pode deixar é a fé. Com fé a palavra de Deus ensina que conseguiremos vencer o mundo. E essa fé deve ser não fingida. A palavra fingida significa aparente, imitação, falso. O que chama atenção é a palavra aparente e muitas hoje sofre por viver uma fé aparente, superficial e que por esta razão não tem conseguido vencer.

É necessário deixar toda aparência e viver uma fé realmente verdadeira que consegue crer na Palavra de Deus. Você mostra que tem uma fé verdadeira quando diante de uma situação adversa você consegue revestir de força e confiar na Palavra de Deus ao ponto de descansar em Deus, pois sabe que Ele tem o melhor para você.

Uma fé não fingida faz com que você tenha coragem, amor e moderação.
“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação”.  2 Timóteo 1.7

Você deve ter esse espírito de mulher de fé e assim você deixará um legado para seus filhos, netos ao qual terão força necessária para vencer qualquer obstáculo. Seja como Lóide que foi lembrada como uma mulher que tinha uma fé não fingida. Paulo afirmou que por causa dela seu discípulo Timóteo teve o mesmo caráter. O que você tem deixado para seus filhos? O que você tem levado para seus vizinhos? Leve essa fé contigo e mostre para aqueles que não crê, que Deus existe e faz mais do que pedimos ou imaginamos.

Que a Graça de Deus esteja com todas nós; Adrielle Kawahara

terça-feira, 16 de abril de 2019

Série Mulheres da Bíblia: Zeres

Sua história é relatada no livro de Ester. Zeres é a esposa de Hamã que foi o oficial mais importante do rei Assuero e inimigo do povo Judeu. O nome Zeres significa em hebraico ouro. Ela tinha tudo para ser uma mulher valorosa se tivesse aprendido com Ester, no entanto, não fez jus ao seu nome e não foi sábia ao aconselhar o seu esposo Hamã. 

“Então lhe disseram Zéres, sua mulher, e todos os seus amigos: Faça-se uma forca de cinquenta côvados de altura, e pela manhã dize ao rei que nela seja enforcado Mardoqueu; e então entra alegre com o rei para o banquete. E este conselho agradou a Hamã, que mandou fazer a forca”.   
Ester 5:14

A Bíblia nos ensina que a mulher sábia edifica sua casa e a tola com as próprias mãos a destrói (Provérbios 14.1). É comum o marido pedir conselho para esposa, mas Zeres não foi sábia ao aconselha-lo. Ela poderia ter aconselhado seu esposo de maneira sábia, mas acabou assinando sua sentença. Quantas vezes agimos dessa maneira quando um familiar ou marido nos pede um conselho ao passar por uma situação difícil. 

Talvez seu cônjuge ou seu familiar esteja passando por um momento difícil e o que você tem falado  é só coisas negativas. Precisamos aprender com o erro de Zeres e entender que tudo que plantamos colheremos. O conselho de Zeres foi ruim para seu marido e como a mulher tem o poder de influenciar, ele logo deixou a forca pronta e Hamã imaginou que era uma questão de tempo para se livrar de Mardoqueu. A única coisa que ele e sua mulher não imaginavam é que haveria uma inversão de papéis, pois ele morreu enforcado e Mardoqueu ocupou o seu lugar no reino. 

Creio que se Zeres pudesse voltar no tempo ela jamais teria aconselhado seu marido do modo como ofez. Como resultado viu o marido morrer enforcado e seus bens serem entregues a Mardoqueu. Imagina o trauma dessa mulher, ver seu marido morto na própria forca que ela sugeriu fazer? 

Cuidado com os conselhos errados. Com Zeres aprendemos que não podemos dar conselhos errados. Que tipo de conselho você tem dado para seu marido, filho ou amiga quando vem se abrir com você? Talvez você tem aconselhado ele ou ela a desistir do ministério, do emprego, da fé ou até mesmo da vida. Cuidado com suas palavras, com seus conselhos, pois tudo que o homem semear ele irá colher. Não podemos nos cansar de fazer o bem! Não peça para seu esposo preparar a forca, mas peça para ele ser forte para vencer os desafios. Que a Graça de Deus seja com todas nós, Adrielle Kawahara

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Série Mulheres da Bíblia: Raabe

Sua história é relatada na Bíblia em Josué Capítulo de número dois. Mesmo sendo uma prostituta, aproveitou a oportunidade e pode mudar sua história. Não era judia, mas já tinha ouvido falar dos espias de Israel e da luta que eles enfrentavam.Seu nome significa em hebraico rahav, possivelmente tenha alguma ligação com a raiz rhv, que significa “largo”. A Bíblia conta que Raabe hospedou em sua casa que ficava sobre os muros de Jericó os dois espias enviados por Josué com a intenção de conhecerem a terra. De alguma forma, a notícia de que espias dos filhos de Israel estavam na cidade acabou chegando ao rei.

Conta a palavra de Deus em Josué 2.9-11 que após ela ter despistado os guardas do rei, Raabe subiu no telhado para conversar com os espias. Foi ali que Raabe fez sua confissão de fé no Deus dos hebreus. Ela tinha conhecimento das grandes maravilhas que Deus havia feito em prol de Israel, como a libertação do Egito, a travessia do Mar Vermelho, e a vitória sobre os dois reis amorreus, Siom e Ogue, que estavam a leste do Jordão. Falou também que sabia que o Senhor havia dado aquela terra aos filhos de Israel, e também sobre o grande pavor que tomou o coração do povo, pois sabiam que o Deus de Israel é “Deus em cima nos céus e em baixo na terra”.

Raabe podia ter ficado com vergonha por ser prostituta, mas ela não se intimidou em dizer que já tinha ouvido falar do Deus de Israel. Ela fez jus ao seu nome, pois não tinha um pensamento limitado e sim expandido, ao ponto de acreditar que o Deus de Israel poderia mudar a história dela e de toda sua família. O tempo dela foi aproveitado, soube fazer uso dele e não pensou somente nela e sim em toda sua família. E você tem lutado somente por você, ou tem buscado pela sua família também? Raabe buscou por ela e sua família. 

O que me chamou atenção foi que ela soube aproveitar a oportunidade de andar com pessoas que voam alto ao receber os espias de Josué em sua casa, por ser uma mulher de fé. 

Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias. 
Hebreus 11:31

Ela não aceitou perecer com os incrédulos, ela aproveitou a oportunidade de mudar. E sua atitude revelou seu caráter acolhedor e sábio ao dizer:

Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo Senhor, que, como usei de misericórdia convosco, vós também usareis de misericórdia para com a casa de meu pai, e dai-me um sinal seguro, De que conservareis com a vida a meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm e de que livrareis as nossas vidas da morte. Então aqueles homens responderam-lhe: A nossa vida responderá pela vossa até à morte, se não denunciardes este nosso negócio, e será, pois, que, dando-nos o Senhor esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade. Josué 2:12-14 

Podemos perceber o coração amoroso de Raabe. Ela não pensava apenas em si, em sua salvação individual. Ela poderia ter proposto um acordo de livramento pessoal, ou talvez até mesmo ter fugido com os espias, deixando Jericó entregue à guerra e à destruição. Mas ela fazia jus ao seu nome, que significa largo. Em nosso mundo individualista, será que encontraremos “Raabes”? Tempos depois Raabe se casa e teve um filho chamado Boaz, que significa sonho. E o que aprendemos com isso? Quando você não desperdiça a oportunidade de receber e andar com pessoas que certas (que fazem a vontade de Deus) seu sonho nasce. E mais, ela fez parte genealogia de Jesus. Mesmo tendo um passado obscuro, abraçou a oportunidade de ser luz e como recompensa fez parte da genealogia de Jesus (Mateus 1.5-6). E você deseja que seu sonho nasça? então decida agora mesmo agir como Raabe, que independente do que ela era, escolheu mudar sua história pela fé. 

Aos olhos naturais naquela época era impossível Raabe ter uma família, pois as prostitutas eram desprezadas. Apesar de tudo, a misericórdia de Deus alcançou o coração daquela jovem de Jericó. O que ela fazia era abominável diante do santo Deus de Israel, mas ela quis mudar, e escolheu acolher ao invés de prostituir. Pedir, ao invés de se vender. E assim o que era para ser obscuro, se tornou luz com uma atitude de fé. Tenha essa atitude, e assim sonhos serão gerados e levará a você fazer parte dos grandes heróis da fé, e mais fez . 
Que a Graça de Deus seja com todas; Adrielle Kawahara

Template by:

Free Blog Templates