quinta-feira, 7 de maio de 2015

Na casa do oleiro, há uma saída para você


NA CASA DO OLEIRO, HÁ UMA SAÍDA PARA VOCÊ.
 Jr 18.2,4,6. 2 Levanta-te e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas...4 como o vaso que ele fazia de barro se quebrou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer...6 Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? Diz o Senhor, eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.

Somos como vasos nas mãos de Deus, Ele como criador, e nessa passagem nos comparando como vasos e Ele sendo o oleiro, ele tem poder sobre nós, que estamos em sua casa, ouvindo sua palavra e recebendo suas instruções. Deus só pode agir, mudar a vida daqueles que estão debaixo de sua responsabilidade, ele só faz novo vaso, se o barro estiver em suas preciosas mãos, como aconteceu com o vaso de Jeremias 18. Estar na igreja, na presença de Deus não nos torna imune para os “estragos” que o mundo pode fazer, o vaso se estragou nas mãos do oleiro, e ele só pode fazer outro como bem lhe parecesse por isso, se o vaso estivesse nas mãos de outros profissionais não poderia se fazer dele um vaso novo, que fosso perfeito. E assim também é conosco, quando estamos passando por algo que não nos deixa perfeitos aos olhos do Pai, Ele pode fazer de nós um vaso novo, contudo é preciso descer à casa do Oleiro para que isso seja possível. Aqui está um alerta para você! Se você é um vaso que precisa ser feito novamente, vá para a casa do Pai (oleiro), pois somente Ele poderá fazer de ti um vaso novo, um vaso que será usado para encher com o azeite do Senhor, como aconteceu com as vasilhas vazias da viúva que foi orientada pelo profeta Eliseu em 2Re 4, hoje as vasilhas vazias, ou melhor, os vasos, somos nós.

                Que Deus possa ter liberdade para nos encher, que Ele encha nosso cálice com seu poder a ponto de transbordar para encher o cálice daqueles que se encontram vazios, que ele seja cheio de amor, paz, alegria, santidade, força, moderação e outros... Assim estaremos também fazendo sua grandiosa obra.

                Contudo, não se esqueça, é preciso estar na casa do oleiro para que isso seja possível, fora da casa do oleiro caso o vaso se estrague não poderá ser feito novamente.
Jusimeire Queiroz Ramos, esposa do Pastor Fábio Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Porquê melhor é a sabedoria do que jóias, e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela". Provérbios 8:12

Template by:

Free Blog Templates